Um Pouco de Aventura
Amplia Horizontes e Oxigena a Alma

De quando em quando Luciano se atira a uma viagem para lugares exóticos, 
buscando quebrar completamente a rotina, aceitando desafios físicos e 
psicológicos que o ajudam a enriquecer seu repertório. 
Já esteve no Campo Base do Everest, no Aconcágua e no Polo Norte. 
Por quê? Porque, como disse Mallory, “eles estão lá!”

Luciano Aventureiro

Por que “aventureiro?” O trabalho de Luciano Pires é todo centrado na AÇÃO, na capacidade de mudança, na inovação e nos processos de julgamento e tomada de decisão. Tudo que ele prega é que as pessoas não se deixem afundar na rotina medíocre, aquela que nos transforma em espectadores e não protagonistas de nossas vidas. E não existe melhor exercício para o “walk the talk” do que quebrar radicalmente a rotina. 

Por isso, de quando em quando, Luciano se enfia num canto do mundo, onde o ar que respira, a comida que come, o idioma que fala, o local onde dorme, a paisagem que aprecia, são radicalmente diferentes de seu dia a dia. Nada mais nutritivo para quebrar rotinas do que uma aventura! Na volta, um baú de histórias pra contar. Conheça os detalhes de algumas viagens.

Luciano no Everest

Conheça a trajetória do Luciano Pires até o Campo Base do Everest, veja os cartuns, livro e palestra inspirados por essa experiência única.

A Viagem

Um dia Luciano Pires trocou a gravata e o paletó pela mochila, marcou as férias, despediu-se da família e foi para o pico mais alto no mundo – o Campo Base do Everest, a mais de 5.000 metros de altura, no Nepal. Aqui você pode acompanhar o dia a dia dessa viagem transformadora, que se transformou em sua palestra mais requisitada, que já foi realizada mais de 600 vezes para públicos de todo o Brasil.

A Palestra

Um dia Luciano Pires trocou a gravata e o paletó pela mochila, marcou as férias, despediu-se da família e foi para o pico mais alto no mundo – o Campo Base do Everest, a mais de 5.000 metros de altura, no Nepal. A partir dessa experiência, Luciano criou uma palestra que mescla a emoção da busca por um sonho impossível com técnicas de gerenciamento que utilizamos diariamente em nossas vidas e empresas. Se já não bastasse, ainda escreveu um livro que conta a emocionante história desta aventura.

O Livro

Um dia Luciano Pires trocou a gravata e o paletó pela mochila, marcou as férias, despediu-se da família e foi para o Campo Base do Everest, a mais de 5.000 metros de altura, no Nepal.  Ele diz:

“Ninguém volta de uma experiência como aquela do mesmo jeito como foi. Mudanças acontecem, muitas das quais só serão percebidas ao longo dos anos e, no meu caso, posso dizer que muita coisa mudou. É impossível não constatar que, ao mergulhar em mim mesmo, estive muito próximo de um estado religioso. Ao contemplar a natureza selvagem também. Ao observar a energia das pessoas que vivem naquela região inóspita e miserável, com uma alegria e gentileza inigualáveis, idem. Qualquer pessoa colocada numa situação como a que vivi, em que deve se concentrar numa atividade específica e monótona por horas, acaba revendo sua vida e repensando conceitos.”

O Meu Everest é um livro para inspirar, informar, divertir e fazer refletir. Podia ter sido você.

Os Cartuns

Luciano é, antes de tudo, um cartunista. Desenha desde que se lembra e publicou seus trabalhos em jornais e revistas, mantendo entre 1979 e 1982 uma coluna semanal chamada Vírgula, no Jornal da Cidade, de sua cidade natal Bauru, interior do estado de São Paulo. Nesse perídio venceu duas vezes o Salão de Huor de Piracicaba. Ele achava que seguiria a carreira de cartunista numa época em que O Pasquim era o porta voz de uma geração desesperada para romper com o passado. Por isso, em vez de Engenharia foi estudar Comunicação Visual na capital. Quando se formei começou a trabalhar por conta própria na área de comunicação, até descobrir que como cartunista, teria grandes chances de morrer de fome. E entre 1982 e 2002 deixou de lado os cartuns e textos para seguir a carreira de executivo, tornando-se Diretor de Comunicação Corporativa de uma multinacional de autopeças, a Dana onde construiu uma bela carreira que terminou em 2008, após 26 anos. Depois da viagem ao Campo Base do Everest, em 2001, Luciano retomou os cartuns, que produz ainda hoje, não de forma profissional, mas como um hobby.

Luciano no Pólo Norte

Conheça a aventura do Luciano Pires no Pólo Norte, e veja como rendeu uma palestra sobre liderança.

A Viagem

Em março de 2008, no dia em que marquei a data para sair da Dona, a empresa aonde trabalhei por 26 anos
a mágica começou… Quando abri o meu email em casa, recebi um prospecto eletrônico com a programação
da Quark Expeditions 2008. Bati o olho e lá estava ‘North Pole’. Conheça um pouco dessa aventura, e como
essa experiência se transformou em uma palestra com valiosas lições de planejamento e liderança, que
permitem paralelos com o mundo profissional em que atuamos.

A Palestra

Durante séculos o homem tentou chegar ao extremo norte do planeta, o Pólo Norte, em busca de riquezas, conhecimento, fama e fortuna. Muitas tentativas fracassaram de forma trágica, outras quase deram certo, mas todas constituem em valiosas lições de planejamento e liderança, que permitem paralelos com o mundo profissional em que vivemos.

 

Ganhe grátis o ebook “O Seu Everest”

Cadastre-se no site e receba doses periódicas de Iscas Intelectuais. E de quebra, receba o e-book  O SEU EVEREST com os principais pontos da palestra Meu Everest, de Luciano Pires.